Colostro: o primeiro alimento mágico do bebê

Colostro, a primeira vacina
Foto: alfcermed/ pixabay

A primeira vacina, assim também é conhecido o colostro. Ele é o primeiro alimento dado ao recém-nascido para aumentar a imunidade. O corpo da mulher produz automaticamente este alimento. Não, ele não é encontrado em mercado (risos), mas o primeiro “tetê” dos pequenos.

O que é, afinal, o colostro?

O leite materno leva de dois a quatro dias para chegar após o parto.  Esse é o tempo normal que leva desde a primeira sucção até que os seios fiquem cheios de leite. Mas, o que o bebê pode está sugando, já que ainda não tem leite. A resposta é: colostro.

Quando ele é produzido?

Este alimento especial é produzido na segunda metade da gravidez. Da para perceber uma pequena quantidade de substância amarelada escorrendo do mamilo durante o banho ou sutiã. O termo antigo para isso é “leite de bruxa”.

Diferença do colostro para o leite materno

O colostro tem consistência mais líquida que o leite maduro. O colostro é espesso, pegajoso e de cor amarela ou creme. O leite maduro é ralo e aguado.

BENEFÍCIOS

Ele é a primeira refeição do bebê. Ele contém uma poderosa combinação de carboidratos e anticorpos. A cada gole de colostro, ele desce para o estômago e o intestino do bebê. Assim, um minúsculo exército de células e anticorpos protetores.  

Outros benefícios….

O alimento mágico produz ainda mais benefícios:

  1. Protege as membranas mucosas da garganta e dos pulmões;
  2. É laxante, o que ajuda o bebê a expulsar o mecônio pegasjoso;
  3. Ajuda a prevenir a icterícia (amarelidão na pele e nos olhos);
  4. Alimenta o cérebro, os olhos e o coração do bebê.
Happynes

Mesmo após a chegada do leite, ainda haverá pequenos traços de colostro por até seis semanas. Este é o alimento mais importante que você pode dar ao seu bebê!

Você também pode gostar...