Como é a recuperação da barriga no pós-parto?

barriga pós parto

Quem já esteve grávida sabe que não é só porque o bebê saiu da barriga que ela irá sumir imediatamente. Mesmo após o nascimento do bebê, ainda parece que a mulher está grávida como no quinto mês. É até indicado que a mulher leve na mala maternidade roupas que ela vestia nesse período da gravidez.

Saiba porquê isso acontece e veja também como as cintas pós-parto podem ajudar!

Parto normal x Cesárea

No parto normal, o abdômen tem mais facilidade para reduzir de tamanho, porque não houve procedimento na região, e o bebê não precisou ser retirado por ali como acontece na cesárea.

Além disso, o nascimento do bebê no tempo natural contribui para a recuperação mais rápida do útero e do corpo da mulher em geral.

sutiã de amamentação

Em todo caso, imagine só… para o bebê caber ali dentro da barriga, acontece o afastamento da musculatura reto abdominal. E esse afastamento é chamado de diástase. Isso pode acontecer em todas as mulheres, mas em alguns casos, a mulher tem maior predisposição para uma maior distensão muscular.

Quais são esses casos? Peso excessivo, bebê muito grande, gestação de gêmeos, ou se o abdômen da mulher já era um abdômen mais enfraquecido, menos exercitado antes dela engravidar. Quem se encontra nessa situação pode fazer exercícios adequados no pós-parto, para ajudar a reduzir essa diástase.

 

A pele também sofre um aumento de tamanho. Esse fator é devido à barriga que estava grande, independente do tipo de parto. Ela irá levar um tempo para voltar, e essa recuperação também depende da genética de cada uma, da própria produção de colágeno do corpo da mulher e da alimentação.

A dica que não pode faltar é: lembre-se sempre que a amamentação é a principal aliada da recuperação do corpo após o parto!

Por que usar cintas pós-parto?

Nessa fase, respeite o tempo de recuperação do seu corpo. Foram nove meses de muitas alterações, estranho seria se a barriga voltasse do nada, não é? De qualquer forma, muitas mulheres se sentem  inseguras porque os órgãos ainda não voltaram para o lugar, e a cinta vai ajudar a comprimir e minimizar a sensação dos “órgãos soltos”.

Ela dá mais conforto e segurança para levantar da cama, fazer movimentos e fazer atividades no dia a dia. Ela ajuda também a corrigir a postura da coluna, que foi alterada durante a gravidez para suportar a barriga.

Conheça alguns tipos de cinta pós-parto para escolher:

Cinta Modeladora Pós-parto com abertura lateral e entre as pernas (facilita nas idas ao banheiro).

cintas pós-parto
Cinta estilo Calcinha Cintura Alta, com silicone na borda desse para não enrolar.

Cinta Modeladora Abdominal Compress
Cinta Modeladora Abdominal de Compressão, ajuda a firmar a postura e modelar o corpo sem machucar.

Para conhecer todas as opções de cinta e escolher a sua, é só clicar aqui. O indicado, segundo especialista, é esperar 48 horas após o parto para começar a usar, especialmente se for cesárea, porque após esse período o intestino já vai estar mais preparado.

Você também pode gostar...