Gestante e Grávida

Como escolher o obstetra para acompanhar a gestação?

Foto grátis uma mulher grávida de trimestre

“Engravidei, e agora?”

Esta é uma pergunta típica para mães de primeira viagem, mas não menos importante para as que já têm filhos. Escolher o obstetra para acompanhar o pré-natal deve ser prioridade.

Se você está diante desta situação, confira neste artigo algumas orientações para escolher o seu.

Entenda o que faz um obstetra

Obstetrícia é o ramo da medicina que estuda a reprodução da mulher. O obstetra acompanha os nove meses de gestação, o parto e o puerpério. Durante este período, ele tira as dúvidas com relação a sintomas, restrições; solicita exames, além de assistir mês a mês o desenvolvimento da gestação.

O que esperar de um obstetra?

Ao escolher o obstetra para acompanhar a gestação, a mulher acaba evitando problemas e surpresas no parto. Através de exames pedidos, ele poderá detectar possíveis doenças ainda precoce. É importante lembrar que escolher o obstetra deve ser feito já no início da descoberta da gravidez.

Como escolher o obstetra para acompanhar sua gestação?

A maneira mais comum de se escolher um bom médico obstetra é pedir referência. Converse com suas amigas que já têm filhos, e pergunte como é a forma de trabalho dos obstetras que já as atenderam. Pode acontecer de não ser bom para você como foi para sua amiga, o que é um fato. No entanto, é preciso depositar confiança, podendo mudar de profissional até antes do parto. Procure também por orientações em site de buscas da sua cidade.

Ginecologista ou obstetra?

Se você já faz acompanhamento com um ginecologista, pode perguntar se ele também é obstetra. Assim, você dá continuidade às consultas, facilitando o acompanhamento por já terem uma intimidade entre paciente e médico.

Publicidade
Continua após a publicidade..

Perguntas comuns que as grávidas fazem aos obstetras

É comum que nesta fase toda mulher busque informações na internet ou com amigas. A medida que ela vai se informando, surgem mais dúvidas e diversas curiosidades que precisam mesmo ser sanadas com um especialista.

Entre elas, as mais comuns são: tingir o cabelo, posição de dormir, ter relações sexuais, viajar de avião, praticar musculação, ter animais, usar salto, pegar peso, faxinar a casa, comer comida japonesa… São dúvidas pertinentes que você também pode guardar para perguntar ao seu e ouvir a melhor recomendação.

Gostou do artigo?

Aproveite para conhecer toda nossa linha de peças para maternidade clicando aqui.

Mariana Bastos Gomes Nolasco

37 anos, casada, residente de Itaperuna.

Possui Graduação em:
Estética (2008),
Nutrição (2013),
Atualmente cursando Medicina (término em 2024).

Pós-Graduação em:
Docência do Ensino Superior;
Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia;
Neurociêntista.

Membro da Associação Brasileira de Nutrição Materno Infantil (ABRANMI).

Formação complementar: Doula, Consultora de Sono Infantil, Educadora Parental Infantil, Consultora em Aleitamento Materno, Laser terapeuta, Costureira Industrial do Vestúario, Modelagem Feminina e Maquiagem Profissional.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *