Parto e Pós-parto

Resguardo pós-parto: O que pode ou não pode fazer?

Resguardo pós-parto não é lenda! Pense em quantas alterações aconteceram… Só para ter uma ideia, o útero da mulher foi do tamanho de um pêssego para o de uma melancia na gravidez.

O puerpério, o resguardo ou quarentena pós-parto é necessário, e como o próprio nome já diz, é preciso respeitar quarenta dias. A mãe pode fazer atividades da rotina, mas deve lembrar alguns cuidados.

Lembre-se também que o que foi indicado para outra mulher pode não ser o indicado para você, porque é preciso avaliar em caso de cicatriz de cesariana ou laceração em parto normal.

Resguardo  pós-parto
Clique para comprar este body de amamentação.

Os cuidados gerais são:

Pode:

– Canja de galinha?

Pode, é um prato famoso e indicado por ser rico em carboidratos e proteína, então está valendo.

É importante ter uma alimentação balanceada para ter energia e ajudar a voltar ao peso anterior.

– Água e outros líquidos:

Com poder de hidratação (água de coco, isotônico, frutas com alto teor hídrico como melancia e maça, chás e sucos naturais) ajudam na produção do leite materno, pois o leite tem bastante água na sua composição.

body amamentação amamentar

– Tomar banho e lavar o cabelo logo depois do parto:

Pode, e nos demais dias da quarentena também. Proibir o banho é um mito sem fundamento científico.

– Exercício físico:

Exercícios pesados devem ser evitados por 45 dias em caso de parto normal, e em geral é possível começar exercícios leves 30 dias após o parto normal e dois meses após a cesariana.

Mas faça uma avaliação com o seu médico da sua cicatriz da cesárea ou caso tenha tido laceração no parto normal.

– Cinta pós-parto:

Elas ajudam a colocar os órgãos no lugar e minimizar a sensação de órgãos soltos após a gravidez, deixando a mãe mais segura para fazer atividades do dia a dia.

Melhoram a postura que na gravidez é alterada para suportar o peso da barriga, e contribuem para comprimir a diástase (esse afastamento dos músculos do abdômen que ocorre para o bebê crescer na barriga).

Para cuidar da cicatrização da cesárea, o ideal é fechar e comprimir a região do corte, e nisso a cinta pós-parto também contribui.

Publicidade
Continua após a publicidade..

Alguns médicos indicam esperar 48h após o parto para já começar a usá-las.

Resguardo  pós-parto

Não pode:

– Evite ao máximo levantar ou carregar peso:

Este lembrete vai principalmente se você, como eu, já tem um filho mais velho quando o novo chegou.

Resguardo  pós-parto
Minhas filhas e eu

– Dirigir:

É preciso esperar 30 dias para voltar a dirigir, pois é possível que prejudique a cicatriz da cesárea ou do períneo em caso de laceração ou episiotomia. Se você não sente nenhum incômodo, pode dirigir a partir de duas semanas.

– Não use medicamentos contraindicados para o período da amamentação:

Saiba quais você pode tomar no caso de dor de cabeça e outros problemas cotidianos. Mas se você sentir dores, coceira ou febre na região do corte da cesárea ou vaginal, avise o médico imediatamente.

– Relações sexuais:

O indicado é respeitar um intervalo de 30 dias sem penetração. A mulher poder sentir desconforto durante a penetração, porque a lubrificação da área está mais baixa.

Mas ela também pode sentir menos vontade, porque o estrogênio está em baixa nesse período. Essa baixa é normal, e acontece porque a prolactina está em alta, o que é essencial porque ela é responsável pela amamentação.

Além disso, o parceiro precisa saber também que é muito normal a atenção da mãe estar mais focada no bebê.

Gostou? Continue lendo tudo sobre maternidade clicando aqui!

pos-parto-quarentena-pode-não-pode

Mariana Bastos Gomes Nolasco

37 anos, casada, residente de Itaperuna.

Possui Graduação em:
Estética (2008),
Nutrição (2013),
Atualmente cursando Medicina (término em 2024).

Pós-Graduação em:
Docência do Ensino Superior;
Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia;
Neurociêntista.

Membro da Associação Brasileira de Nutrição Materno Infantil (ABRANMI).

Formação complementar: Doula, Consultora de Sono Infantil, Educadora Parental Infantil, Consultora em Aleitamento Materno, Laser terapeuta, Costureira Industrial do Vestúario, Modelagem Feminina e Maquiagem Profissional.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *