5 dicas caseiras para tratar a mastite em casa

Como tratar a mastite em casa
Foto: The Conversetion

Das coisas que não contam a uma gestante, é que ela poderá ter mastite. Mas o que é isso? A mastite é uma inflamação no tecido mamário. Ela pode evoluir para uma infecção bacteriana, caso não seja tratada imediatamente. Neste artigo, confira 5 dicas de como tratar a mastite em casa.

Causa da mastite

A mastite começa quando o leite acumula em uma área específica da mama, causando ou não uma infecção. Isso ocorre devido a obstrução dos canais onde passa o leite. Como consequência, a mulher pode sentir febre e arrepios. Contudo, é possível tratar em casa, com as dicas, a seguir, para tratar a mastite em casa.

1- Descanso

Descansar é uma palavra que não está na rotina de uma mãe. Nós entendemos, mas é preciso tentar o impossível nesta situação. Desacelerar é necessário e não precisa se sentir culpada por isso. Lembre-se: para cuidar do bebê, você precisa estar bem!

2- Amamentação frequente

Tente oferecer o peito para o bebê a cada duas horas durante o dia. Inicie a amamentação pelo lado desconfortável, pois é no inicio que os bebês tendem a sugar com mais força. Essa sucção inicial ajudará a desalojar os entupimentos e a limpar a mastite.

Caso você tenha se questionado se o leite é seguro para o bebê, a resposta é “sim”. Especialistas garantem esta segurança, mesmo com a mastite. Além disso, amamentar com frequência e manter o leite fluindo livremente pode ser uma das melhores defesas.

3 – Folhas de repolho

Pode ser que sua avó ou mãe já tenha indicado as folhas de repolho para ajudar com uma série de desconfortos na amamentação. Com a mastite, elas podem fazer milagres na cura da dor e da inflamação. De fato, estudos revelam que folhas de repolho são tão eficazes quanto compressas quentes.

Aqui estão algumas dicas:

  1. Resfrie as folhas de repolho verdes, limpas e secas na geladeira. Você pode cortá-las em um tamanho que melhor se adapte aos seus seios;
  2. Cubra todo o seu seio com folhas de repolho, exceto os mamilos. Outra opção é colocar as folhas em um sutiã mais folgado;
  3. Lave os seios e seque delicadamente. Em seguida, jogue fora as folhas usadas. Caso opte por repetir o processo, utilize folhas frescas.

4 – Óleos essenciais

Pesquisas mostram que óleos essenciais podem ajudar no tratamento da mastite. Um exemplo é o óleo da árvore do chá. Ele contém um composto chamado terpinem-4-ol, que possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e anti-inflamatórias. Você pode aplicar o óleo diluindo-o com óleo transportador, como azeite ou óleo de amêndoas.

5 – Hidratação para curar a mastite

Ingerir água é fundamental quando se está amamentando. Beber bastante água ajudará o suprimento do leite. Mais leite significa mais sessões de alimentação e mais oportunidades para limpar entupimentos e desconfortos. Converse com o médico para saber a quantidade ideal.

Se este artigo foi útil, envie o link para as amigas que irão amamentar. Estas dicas, entretanto, não substituem a recomendação médica. Consulte o seu especialista.

Você também pode gostar...